Videos

Filme sobre professores destaca importância de cuidados com a Voz
Publicado em 16.11.2012 20:52:35

Baseado na pesquisa O Panorama epidemiológico sobre a voz do professor no Brasil, realizada pelo Sinpro São Paulo e pelo Centro de Estudos da Voz (CEV), o filme “Minha Voz Minha Vida” mostra três personagens fictícios que vivem situações semelhantes a de muitos professores no que diz respeito ao uso cotidiano da voz e comunicação na sala de aula e fora dela, explicitando as práticas consideradas nocivas à voz e as desejáveis.

A pesquisa que deu origem ao filme foi realizada com 3265 indivíduas de doto país, sendo 1651 professores da rede básica de ensino e 1614 profissionais de outras áreas que nunca lecionaram. O estudo detectou que o problema com a voz reflete muito mais na vida dos professores do que uma simples dificuldade na produção do som.

Entre os pesquisados, professores perderam mais dias de trabalho que a população geral, tanto por problemas de saúde quanto por problemas vocais. Professores tiveram que mudar mais as atividades de trabalho por problemas de voz (15,7%) que a população em geral (1,6%). Entre os principais sintomas de problemas com a voz, os professores pesquisados falaram que sentiam rouquidão, garganta seca, dor na garganta, dificuldade para engolir, pigarro constante, voz instável e dificuldade para falar baixo, entre outros sintomas.

O roteiro e direção do filme ficou por conta do cineasta Deivison Fiuza, o mesmo diretor do longa metragem “Carregadoras de Sonhos”, lançado em 2010, filme que também destaca o cotidiano de quatro professoras no estado de Sergipe.

O Filme “Minha Voz, Minha Vida” integra as ações do Programa de Saúde Vocal do Sinpro São Paulo, que há mais de uma década oferece orientações, avaliações e terapia fonoaudiógica aos professores da entidade.

Confira o filme abaixo:

Compartilhe!